Qual é a graça?

Publicado em: 21/05/2007

O cantor mais bem humorado do Brasil, poderia ser um título para identificar Juca Chaves. Outros preferem chamá-lo de cantor e humorista. Ele é bom nos dois campos. Sabe compor e cantar e faz graça com graça.
Por Jamur Júnior

Recentemente Juca Chaves apareceu em Foz do Iguaçu como Patrono do Salão do Cartoon, que reuniu  trabalhos de cartunistas de vários países. Um show de bom humor,  coisas engraçadas e inteligentes.
Juca cunhou uma expressão muito própria de pessoas que, como ele, valorizam o humor inteligente. Disse o cantor humorista: “o humor é a ginástica da inteligência”.
Voltando uma semana  antes, é oportuno lembrar que  foi exibido pela Rede Globo um programa humorístico intitulado A Diarista, em que uma trabalhadora, que os petistas chamariam de “companheira de suporte”, ouvia um adivinho que fazia leitura na planta de seus pés.
A diarista pediu que adivinhasse o que ela havia ingerido no almoço. Na seqüência  a moça solta um pum e o adivinho  rapidamente faz sua adivinhação.
– Pelo cheiro, foi repolho.   
E dito isso caíram na gargalhada. Esse tipo de humor, sem graça, chulo, grosseiro tem freqüentado a programação da maior rede de televisão do país, sem que a gente entenda seus objetivos.
Para quem já teve em seu elenco Chico Anísio, (Chico City) Jô Soares (Viva o Gordo) e um time de primeira divisão do humor nacional,  com graça e inteligência, fica difícil entender esses programas repletos de piadas de boteco de quinta categoria.
Tem razão o Juca Chaves , “o humor é a ginástica da inteligência”, e pelo jeito está faltando na telinha.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *