RÁDIO DIGITAL: HÉLIO COSTA COMEÇA DEFESA PÚBLICA PELO PADRÃO AMERICANO

Publicado em: 23/10/2006

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, assumiu na quarta-feira, 18, a defesa da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) pela adoção do padrão americano de rádio digital, o IBOC (in-band on-channel), no Brasil.
Por Marcio Pacelli

“Eu estou absolutamente convencido de que o sistema americano para o rádio digital é o melhor, porque transmite na mesma faixa. É o mesmo aparelho receptor, que serve para se ouvir a rádio AM e FM, analógico e digital”, afirmou o ministro.
Ele disse não ter receios de ser acusado de defender os interesses das emissoras de rádio, a exemplo do apoio dado às televisões para a escolha do padrão japonês (ISDB) de TV digital.
Segundo Costa, estudos realizados há um ano apontam para o padrão americano como o melhor. “Da mesma forma que decidimos pela técnica e eficiência do padrão japonês, nós começamos a entender que a melhor solução para o sistema de rádio é o americano. Agora serei americano, não serei mais japonês”, disse o ministro durante uma palestra para funcionários do Minicom, em Brasília. Aos jornalistas, Costa disse que a decisão não é do ministro, mas será técnica e, sobretudo, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Costa disse que, até agora, a única questão decidida sobre o assunto é a criação, após as eleições, de um comitê de desenvolvimento, composto pelos mesmo ministros que discutiram a criação da TV digital, para encaminhar o assunto. Será criado também um comitê consultivo com a participação dos radiodifusores e entidades representativas da sociedade.
Segundo Costa será possível decidir sobre a escolha do padrão do rádio digital ainda neste ano, já que o processo é muito mais simples do que o da televisão. Na terça-feira, 17, representantes da Abert pediram oficialmente a Hélio Costa que o governo adote o sistema americano de rádio digital para o país. Além do IBOC, o Brasil está fazendo testes com o europeu (DRM). Não foram testados outros padrões, como o japonês e o coreano.
Fonte:
http://www.fndc.org.br/internas.php?p=noticias&cont_key=102769
Márcio Pacelli, Telecom Online


{moscomment}

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *