Rádios Comunitárias em Joinville

Publicado em: 16/03/2005

Uma vai bem, outra pode estar pagando multa. A rádio comunitária União Sul, FM 87,9, de Joinville, completou três anos no ar no dia 8 de março deste 2005. A União Sul fica no ar diariamente das 05h00 às 23h00.
*Ricardo Wegrzynovski, de JoinvilleSão vários programas, desde específicos para jovens até os de utilidade pública. Cada apresentador de programa tem a responsabilidade de angariar patrocínios em forma de Apoio Cultural.
 
Um dos programas de destaque é o Hora da Comunidade, apresentado por Jair da Belém, diariamente das 12h00 às 13h30. O programa aborda temas diversos, sempre intercalados com músicas. Outro detalhe é quanto às entrevistas, onde vereadores, deputados, secretários entre outros se revezam por convite diariamente. Também está na pauta do programa o tema saúde. Toda quarta-feira um assunto relacionado à saúde é abordado por um médico ou outro profissional da área da saúde.

O apresentador Jair da Belém, ganhou esse apelido “Belém” devido aos seus tempos de liderança comunitária na igreja Católica. Na época encontrava-se com vários crentes de diversas paróquias, e esses eram identificados pela paróquia de origem. No caso de Jair, era da paróquia Belém, do bairro Boemerwaldt, uma entre as 18 participantes das rezas semanais. Belém também apresenta na União Sul, aos domingos o programa Roda de Viola.

O mesmo programa estará agora com sua versão televisiva. Irá ao ar nas manhãs de domingo pela TV Brasil Esperança, canal 11 em rede aberta, e também na Sky e Viamax. No aniversário da emissora, comemorado no dia 9 de março, Jair da Belém concedeu entrevista no programa Buscando Soluções, apresentado pela jornalista Débora Cristina (foto), onde falou dos programas tanto do rádio como da TV e de outros projetos.

Conversas informais dão conta de que a rádio comunitária de Pirabeiraba, também em Joinville, está pagando multa sobre abusos com os Apoios Culturais. De fato, até hoje, pouco se sabe sobre o tema, que na verdade não passa de patrocínio. A lei precisa ser mais debatida para esclarecer os profissionais sobre o conceito de Apoio Cultural.
________________________________________
*Ricardo Wegrzynovski [[email protected]], é estudante de jornalismo e trabalha em rádio e TV em Joinville.

1 responder
  1. DEBORA WEGRZYNOSKI says:

    ACHO QUE DEVEMOS SER PARENTES RICARDO, TEMOS O MESMO SOBRE NOME ATÉ HOJE Ñ TIA VISTO NINGUEM COM ESTE MESMO SOBRENOME MORRO EM ITAPEMA SC ,NASCI EM CANOINHAS

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *