Recordar é viver

Publicado em: 21/02/2010

Muitas empresas que já encerraram suas atividades deixaram como herença peças publicitárias inesquecíveis, de um tempo onde o áudio – especialmente no rádio – era mais valorizado. Consegui quatro exemplos de várias épocas. Dois são do varejo, de duas empresas gigantes que fecharam as portas: a rede de lojas Arapuã, com filiais em praticamente todo o País e a Mesbla, presente em diversas capitais com suas “lojas de departamentos”. Os outros dois trabalhos são para empresas de transporte aéreo, a Transbrasil e a Varig-Cruzeiro. Disso tudo restaram o talento e uma grande, uma imensa saudade.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *