Saudade de Pedro Raymundo, Saudade de Laguna

Publicado em: 01/10/2010

Entre os astros e estrelas que permeiam o universo da música um Catarina nascido num vilarejo então pertencente ao município de Laguna no sul catarinense tem lugar de destaque: Pedro Raymundo. O filho do seu Felisberto e da dona Maria Umbelina, pobre de fazer dó trazia no peito, entretanto, uma riqueza sem par: nasceu acordeonista; foi pegar a gaita e sair tocando. Mas, isso não dava dinheiro e ele teve que enfrentar o batente pesado: foi mineiro nas terras de Blumenau e forneiro, foguista, guarda freios, chaveiro e manobrista de estrada de ferro em Lauro Müller. Um dia largou tudo – tudo não, levou a cordiona – mandou-se pra Porto Alegre e começou a tocar na Rádio Gaúcha e aí virou história – história que todos conhecem; como o Walter Filho que acompanhou e apresentou até o último momento seus programas na Rádio Cruz de Malta. Uma das suas últimas criações é a valsa Saudade de Laguna que fecha a matéria. (Editor)

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *