Posts

Morrendo às gargalhadas

Publicado em: 22/10/2012

Imaginei outra maneira de começar, mas esqueci qual era. Vou concatenar as ideias restantes e tentarei servi-lhe ao pé dos olhos as palavras que traduzem meus fúnebres espasmos de consciência. Preciso, antes, esculpir nesse finalmente do parágrafo a tal da minha origem. A primeira vez que estive em contato com a morte foi quando o […]

Uma palavra de despedida, apenas: tarde demais

Publicado em: 01/07/2012

Até que o arrependimento não possa mais realizar milagres, até que a emancipação íntima surja para a consciência e se disponha a buscá-la. Mas será tarde demais. Como tarde já é descobrir quem disse tudo isso primeiro e de melhor forma. Será tarde quando se quiserem analisar as ocorrências da vida, quando perceberem que muitas daquelas […]

Sou Meu Mago 78: Hábitos – Segunda parte

Publicado em: 06/05/2012

Um mau hábito quando preside no governo do corpo causa caos e miséria.  Que são doenças, mal estar e empobrecimento das riquezas naturais do corpo. Os maus hábitos têm de ser caçados pelo tribunal diário da introspecção presidido pelo juiz da consciência. A persistência das ofensas enfraquece o sistema nervoso da vontade e da alegria. […]

Discernimento das intenções

Publicado em: 16/10/2011

Quando se atira uma pedra num lago, os círculos da superfície multiplicam-se e alargam-se, o que é comparável ao discernimento. Na medida em que mais aprendemos e evoluímos, nos mostrando que nossas ações e decisões são meios para o desenvolvimento e alargamento da consciência, o que nos propicia uma visão cada vez mais ampla de […]