Posts

Afinal, quem inventou a televisão?

Publicado em: 11/11/2015

Para começo de conversa devemos considerar o que sabe e o que diz o pesquisador Ivan Dorneles Rodrigues, fundador e mantenedor do Memorial Landell de Moura. Ivan com a palavra. Hoje vamos falar da Televisão, deste aparelho que os donos de cinema tinham um certo receio, pois as pessoas poderiam preferir ficar em casa.

O telefone na radiodifusão

Publicado em: 31/08/2015

Hoje, nas minhas reminiscências, vamos recordar a importância da invenção do Graham Bell, o telefone, para a radiodifusão. Para este resgate, busquei no acervo do Memorial Landell de Moura a Revista do Globo do dia 10 de maio de 1952, onde foi publicada uma matéria com o título “O Telefone – Um gigante ainda jovem”. Confira abaixo […]

O desafio da comunicação à distância

Publicado em: 31/12/2013

iPad, iPhone, tablet e muito mais, são termos do dia-a-dia. Agradáveis ou não, a gente encara e convive e os incorpora ou estará penalizado a viver fora do wireless… Essa complexidade, entretanto, é bom lembrar, já está absorvida como palavras de uso ordinário e teve suas origens há mais de 100 anos. Na segunda metade dos […]

Radioamadores revivem pioneirismo de Landell de Moura

Publicado em: 11/02/2011

Francisco Ricardo Favilla No boletim informativo transmitido aos sábados, a LABRE – Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão, do Rio de Janeiro emitiu editorial relembrando os feitos memoráveis realizados pelo padre cientista Roberto Landell de Moura, patrono dos radioamadores brasileiros. “Foi pioneiro na transmissão da voz humana sem o emprego do fio (radioemissão e […]

Landell de Moura e o primeiro trans-receptor de voz sem fio

Publicado em: 26/12/2010

AcadeMídia | TCC Carlos Guerra Lima No final do século XIX a humanidade reunia conhecimentos necessários para tornar a radiodifusão uma realidade. Com a descoberta de Hertz surgiram vários modelos de transmissores. Porém, poucos vingaram como produto. Os receptores todos se baseavam no coesor de Branly. O nome mais proeminente é o de Guglielmo Marconi. […]

A comunicação pelo rádio é incontrolável, parece um sonho

Publicado em: 24/11/2010

A singularidade do rádio como veículo de comunicação reside no fato de que é o ouvinte quem faz a cena. É o ouvinte quem cria, a partir do que ouve, o cenário do que está sendo dito, sugerido ou representado. O locutor, o repórter, o ator ou mesmo o cantor, são meros deflagradores de um […]

Homenagens só de admiradores

Publicado em: 10/11/2010

Sancionada em 1999 pelo então governador Olívio Dutra, a lei estadual 11.384 instituiu no Rio Grande do Sul a Semana padre Landell de Moura, com o objetivo de reverenciar a memória do padre-cientista. Em 2010, segundo a Secretaria Estadual da Cultura, nenhum evento foi programado para o período em sua homenagem. As únicas iniciativas no […]

Um milagrinho

Publicado em: 23/10/2010

Comecei a trabalhar em rádio muito antes de saber o que fosse rádio. Nada incomum: ainda hoje, boa parte dos jovens estudantes que procuram fazer seus estágios universitários em uma emissora, ignora como funciona este “meio”. Muitos saltam dos estudos de Música e História diretamente para os estúdios e microfones, como foi o meu caso. […]

O telefone que o Brasil não ligou

Publicado em: 31/07/2010

Jayme Copstein Assisto a uma discussão antiga: por que os Estados Unidos são a potência industrial de hoje e o Brasil ainda luta para consolidar sua posição no cenário internacional. Talvez seja mais simples do que se pensa, como pode ser demonstrado por inúmeros exemplos. Escolho, porém, o mais cabal dentre as muitas oportunidades que […]

A psicosfera do rádio

Publicado em: 01/05/2010

O mar é um grande regenerador. Com a ausência dele, a terra seria estéril, infecunda. Sem o sol não existiria claridade e somente trevas. Seu brilho é esplendoroso, apesar de ser uma estrela de quinta grandeza. No seio do mar elaboram-se as chuvas benéficas, todo sistema de irrigação do orbe nele tem origem. Sua efusão […]