Posts

O Presépio da Praça XV

Publicado em: 10/11/2013

Há pouco mais de dois mil anos, a rusticidade e o mistério que cercam o parto de uma criança singular têm estimulado os artistas a reproduzir a cena que se tornou referência universal e se inscreve no contexto da religiosidade humana. Em 1223, Francisco de Assis promoveu a reconstrução poética do Presépio nas montanhas de […]

Ao Vento Retornarás!

Publicado em: 03/11/2013

Aos que me amam, declaro: Quando eu morrer, doem, de mim, tudo o que possa ser reaproveitado. Dada a minha baixa estatura, deve sobrar pouca coisa, mas, o que sobrar, lancem ao fogo (peço apenas que se certifiquem de que morri mesmo, por gentileza). As cinzas lancem ao Vento, se possível, da Ponte Hercílio Luz […]

Miramar, Presença

Publicado em: 27/10/2013

Em 2004 os jornais dedicavam um bom espaço aos problemas da Ponte Hercílio Luz – sua decadência, o altíssimo preço da restauração e a sua inutilidade na solução dos problemas viários de Florianópolis. Havia quem defendesse abertamente a demolição, alguns colunistas falavam em “substituição” e muitas pessoas pronunciavam-se nas colunas de opinião. Certo leitor apresentou […]

As muitas vidas do Miramar

Publicado em: 24/10/2013

Pois que haverá, sempre, entre nós quem se emocione toda vez que ouvir a voz do coração ao se lembrar do “velho e querido Miramar” como disse em versos imorredouros o poeta Zininho.

Hermanos

Publicado em: 19/10/2013

Uno, dos, uno, dos, contava o jovem argentino que, ao lado de dois amigos, caminhava narrando o rebolado da jovem na Felipe Schmidt. – Uno, dos, uno, dos, conforme subisse o glúteo da esquerda ou o da direita. Atrás deles, passei a contar também: um, dois, um, dois, olhando para o traseiro dele. O rapaz […]

Condomínio

Publicado em: 06/10/2013

_ Pai… Pai… Ô pai… Ô pai… Ai, pai! Ai, paaai! Ai, Jesus! Ai, Jesus! Diz, baixinho, a filha. No apartamento 303 o homem velho acaba de morrer. Exatamente um mês após a cirurgia que lhe prolongaria a vida evitando as inconveniências da doença crônica. Adorava viver, por isso preferiu se antecipar à doença. Era […]

A Cidade Humanizada

Publicado em: 16/09/2013

Há um ano, ao lançar um novo livro, decorei o salão do Museu Histórico, no Palácio Cruz e Sousa, com árvores, em vez de flores. Meu primeiro neto chegaria em alguns meses e, como bem sabemos, criança combina com árvore. Comprei, então, duas arvorezinhas, uma ameixeira e uma jabuticabeira que, após o evento, seriam plantadas […]

Dominus Vobiscum

Publicado em: 08/09/2013

Aquela gostava de igreja desde criancinha. Adorava todo aquele teatro místico, o primoroso bordado dos paramentos, o cheiro de mofo misturado a incenso emanado do turíbulo, o som monótono das ladainhas, as vozes esganiçadas das velhas no burilar do terço, no cantar dos cânticos. Anjo de procissão, aos sete anos foi escolhida para coroar Nossa […]

A Rua

Publicado em: 01/09/2013

Hoje abro a coluna para deixar falar aquele que conheceu a verdadeira “Alma” da rua! A rua nasce, como o homem, do soluço, do espasmo. Há suor humano na argamassa do seu calçamento. Cada casa que se ergue é feita do esforço exaustivo de muitos seres, e haveis de ter visto pedreiros e canteiros, ao […]

Pois, dito e feito

Publicado em: 25/08/2013

Pariu a primeira filha aos doze anos. O segundo, um varão, aos quatorze. O terceiro dos quinze para dezesseis. O quarto aos dezessete e meio. O quinto aos dezoito e poucos. Do primeiro até o décimo quinto, e só parou aí por conta da viuvez, o intervalo exato entre uma prenhez e outra. Parte das […]