Traído pelo hábito

Publicado em: 09/06/2013


Conversando por telefone com meu velho amigo Dácio Leonel de Quadros, um dos grandes locutores esportivos que tivemos, logo entramos na “hora da saudade” e relembramos os tempos idos em que atuávamos na Rádio Marumby. Voltamos aos anos 50.

O Dácio era o combativo diretor do departamento de esportes da “emissora das iniciativas”. Aos domingos, sob seu comando, as audições esportivas ocupavam a programação durante quase todo o dia. E no meio do nosso bate-papo ele lembrou do fato que narro a seguir.

Os programas esportivos dominicais começavam cedo, mas havia uma interrupção para que Vicente Mickosz transmitisse a Santa Missa celebrada pela manhã na Catedral de Curitiba.

Certa vez, quando a chamada era ouvida no alto-falante do sonoplasta, soou a voz do Vicente que, com insistência, pedia que o som fosse passado para a Catedral, pois a Missa já ia começar. O Willy Gonser fazia uma reportagem externa e não ouvia os chamados aflitos do Vicente. Percebendo a situação, o Dácio Leonel entrou no ar e pediu ao Willy que de imediato passasse o som para a Catedral.

Foi então que o Willy Gonser, muito concentrado e um pouco nervoso, anunciou:

– Prezados ouvintes, a partir de agora a Rádio Marumby, uma emissora de acendrado espírito cristão, na voz de seu locutor religioso Vicente Mickosz, passa a transmitir a Santa Missa diretamente da Catedral Metropolitana de Futebol. Traído pelo hábito, o grande narrador esportivo Willy Gonser cometeu a gafe que fez com que os seus colegas rissem muito.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *