Uma longa paixão pelo teatro

Publicado em: 30/03/2012

Nesta entrevista a prosa é com um companheiro de jornada e amigo daqueles que a gente carrega do lado esquerdo do peito: Édio Nunes de Sousa, com S de santo, porque de Senhor não fica bem. Édio é Mané da gema, nascido na rua Frei Evaristo – quando ainda era rua Itajaí – e criou-se na Crispim Mira. Com 50 anos de palco como ator e dirigente é um dos esteios do Grupo Armação, um dos mais antigos, tradicionais e atuantes da Capital. A par disso, ele exerce constantes atividades em projetos sociais de interesse cultural, sendo atualmente também diretor administrativo e financeiro voluntário do Instituto Caros Ouvintes.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *