UMA VIAGEM CONTURBADA !

Publicado em: 11/02/2007

Na Rádio Nereu Ramos – onde trabalhei por 8 anos – passaram os mais categorizados profissionais que o rádio de Santa Catarina teve ao longo de sua história. Depois da inauguração da emissora em 2 de Setembro de 1958, até 1964, por lá estiveram Germano Junior, Fernando Linhares da Silva, Alfredo Costa, Eduardo Gonçalves, Ronaldo Folador, Willy Gonser, Silvio Ronald, Martins Rebellato, José Domingos, Ivo Sutter, dos que eu me recordo.
Por Edemar Annuseck

Nesse vai e vem de narradores, Álvaro Correa e Nelson Tófano viveram uma situação inusitada. Estava programada uma transmissão de Joinville. Na manhã de domingo a bordo do Studebacker do Nelson Tófano, ele, Álvaro Correa e o narrador Ronaldo Folador, partiram com destino a Manchester Catarinense, via Pomerode, Jaraguá do Sul, etc. No meio da viagem estoura um dos pneus. Feita a troca segue a viagem, quando um outro pneu também fura.
Não havia mais estepe, e agora ? Ronaldo Folador, o narrador pegou uma carona para  Joinville afim de transmitir o jogo. O Álvaro ficou cuidando do carro, enquanto o Nelson levava   os pneus para o conserto. Conseguiram chegar a Joinville quando o jogo já estava terminando. À noite no  retorno a Blumenau, na descida da Serra de Jaraguá os freios do Studebacker, apresentaram problemas. Numa manobra arrojada O Nelson Tófano conseguiu parar o carro à beira da estrada. Em seguida foi providenciado o corte de uma árvore para ser amarrada no pára-choque traseiro. Já o  Ronaldo Folador – que recém tinha casado – disse estar com muita pressa para chegar em casa; o primeiro carro que passou lhe deu carona. Nelson e Álvaro na base da primeira marcha, e,  com a árvore presa na traseira do carro, finalmente conseguiram descer a serra de Jaraguá do Sul. Ao chegarem a Pomerode, pararam ao lado do Zoológico da Weege,  onde existia um restaurante e bar, aliás, parada obrigatória dos ônibus intermunicipais. Ali mais uma surpresa; aguardando ônibus para retornar a Blumenau quem estava lá senão o apressado Ronaldo Folador. Imaginem o que o Nelson e o Álvaro. não  aprontaram pra cima dele até chegarem a Blumenau. Que viagem !


{moscomment}

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *