Vou-me embora pra Pasárgada!

Publicado em: 24/08/2009

Pasárgada ou Passárgada é lindo o poema de Manuel Bandeira.

Vou-me embora pra Passárgada

Ou Vou-me embora pra Pasárgada, ouvindo o poeta declamar…

De Manuel Bandeira
Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do rei
Lá tenho a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora pra Pasárgada

Vou-me embora pra Pasárgada
Aqui eu não sou feliz
Lá a existência é uma aventura
De tal modo inconseqüente
Que Joana a Louca de Espanha
Rainha e falsa demente
Vem a ser contraparente
Da nora que nunca tive

E como farei ginástica
Andarei de bicicleta
Montarei em burro brabo
Subirei no pau-de-sebo
Tomarei banhos de mar!
E quando estiver cansado
Deito na beira do rio
Mando chamar a mãe-d’água
Pra me contar as histórias
Que no tempo de eu menino
Rosa vinha me contar
Vou-me embora pra Pasárgada

Em Pasárgada tem tudo
É outra civilização
Tem um processo seguro
De impedir a concepção
Tem telefone automático
Tem alcalóide à vontade
Tem prostitutas bonitas
Para a gente namorar

E quando eu estiver mais triste
Mas triste de não ter jeito
Quando de noite me der
Vontade de me matar
­Lá sou amigo do rei ­
Terei a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora pra Pasárgada.

Obs: Em uma rara gravação, Pasárgada na voz do próprio autor, o “S” tem som de “Z”. Mas a riqueza do poema correu mundo afora também como Vou-me embora pra Passárgada.

 

 

Manuel Carneiro de Souza Bandeira Filho nasceu no dia 19 de abril de 1886, em Recife, filho de Manuel Carneiro de Souza Bandeira e Francelina Ribeiro de Souza Bandeira. Faleceu em 13 de outubro de 1968.

FINAL, DOIS PONTOS:

1. Por motivos técnicos, minha coluna não foi postada na semana passada; e

2. Por entrar de férias, ela vai ficar fora do ar por uns tempos. Até…

PS. Vou-me embora pra Pasárgada (ou Passárgada, tanto faz)…

1 responder
  1. José Eli francisco says:

    Caro amigo . Sempre gostei deste texto . Mas que raridade ! e ainda mais na voz do autor ! Da até a impressão que ele tomou uns conhaques e mandou ver …… Eli Francisco – radialista .

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *