Zininho ficaria desolado!

Publicado em: 17/01/2012

Na semana passada, o Jornal do Almoço apresentou um quadro onde um homem com sotaque espanhol explicava os motivos da diversidade nas cores das águas catarinenses. No dia de hoje (17/01), foi aberto espaço para debater os problemas que a nossa Ilha atravessa atualmente com sujeira, trânsito, além da crescente violência urbana, sendo muitos destes fatos reflexos da invasão de turistas, os quais acabam se “apaixonando” por nossa cidade e se estabelecendo de forma definitiva. Há anos que Florianópolis vem se aproximando das estatísticas negativas com os grandes centros, entretanto, não existe organização e planejamento para evitar um colapso num futuro próximo. Além disso, o que chama a atenção é o fato de serem entrevistadas pessoas que têm a necessária vivência para apresentar um quadro sobre as peculiaridades de nossas praias ou para defender nossa outrora pacata cidade, pelo simples fato de residir aqui. Será que a Ilha da Magia está tão descaracterizada ao ponto de sequer encontrarmos manezinhos, filhos ou netos destes, com qualificação suficiente para defender o que é nosso? Ou a emissora prefere prestigiar os “estrangeiros” em detrimento do povo local? Particularmente, fico com a segunda opção. Chega a ser contraditório, criar um quadro onde se defende Floripa, em especial contra atitudes predatórias dos nossos visitantes, mas ao mesmo tempo, convidar justamente pessoas que são naturais de outros estados para apresentar argumentos em nossa defesa. Enfim, estamos a mercê da omissão de nossos governantes! A atual situação deixaria o poeta Zininho desolado. (Com informaçoes do blog manezinhossc) Colaborou Giane Severo

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *