Entries by Luiz Artur Ferraretto

O futebol das tardes de domingo na Rádio Guaíba dos anos 70

A voz de dicção perfeita de Armindo Antônio Ranzolin, de qualidades profissionais acentuadas pela precisa narração lance a lance, fica suspensa no ar quando o plantão de estúdio interrompe de forma quase peremptória: – Tem gol, Ranzolin! – Onde, Antônio Augusto? Por Luiz Artur Ferraretto Luiz Artur FerrarettoNasceu e cresceu ouvindo rádio e as histórias […]

Babadas, barrigas, equívocos leves e outras besteiras (2)

No Rio Grande do Sul, como em qualquer outro estado brasileiro, a falha revestida de um certo humor não é uma exclusividade do rádio da capital. Por Luiz Artur Ferraretto Luiz Artur FerrarettoNasceu e cresceu ouvindo rádio e as histórias do rádio. Aos poucos foi descobrindo que não queria ser só ouvinte. Formou-se em jornalismo […]

O folclorista Paixão Côrtes e o rádio do RS

Madrugada alta e o folclorista João Carlos D’Ávila Paixão Côrtes não consegue dormir. Como faz sempre quando isto acontece, liga o rádio na Guaíba FM, caracterizada pelas orquestrações a lembrar big bands do passado. Por Luiz Artur Ferraretto Luiz Artur FerrarettoNasceu e cresceu ouvindo rádio e as histórias do rádio. Aos poucos foi descobrindo que […]

Ivo Serrão Vieira: pioneiro de dois estados

– Alemão, barriga de cachorra velha, desgraçado! Vem cá, alemão, vem cá! Vem aqui falar com o campeão, vem! Vem cá, alemão! Olha lá que ele tá com as bochechas que chega a tá tremendo, minha mãe do céu! Vem cá! Vem cá, alemãozinho. Chega aqui perto! Que cara é essa? Não vai chorar na […]

A dupla Pery e Estelita e o surgimento do radioteatro gaúcho

É setembro de 1998 e, no apartamento acanhado em pleno centro do Rio de Janeiro, a dona Esther Daniotti, com seus 80 e muitos anos, como prefere definir a idade, ainda olha com o mesmo carinho das décadas de 30 e 40 a caixa cheia de recordações de onde transbordam lembranças e dezenas de cartas […]

J. Antônio D’Ávila: um pernambucano revoluciona o rádio gaúcho

Em meados de 1952, ganhando Cr$ 63 mil, o maior salário do rádio do Rio Grande do Sul, o pernambucano Jesuíno Antônio D’Ávila assume a direção artística da Farroupilha de Porto Alegre. De início, procura identificar as potencialidades do elenco da PRH-2. A partir daí, promove uma revolução nas pêerres locais, até aquele momento fortemente influenciadas […]

Marçal: esquerda engajada e rádio povão

Na madrugada da Grande Porto Alegre, no final dos anos 70, apresentando o Itaí, a dona da noite, João Batista Marçal declama o que denomina de “poesia rebelde” e toca músicas do chamado canto popular latino-americano. Por Luiz Artur Ferraretto Luiz Artur FerrarettoNasceu e cresceu ouvindo rádio e as histórias do rádio. Aos poucos foi […]

Os 30 anos do Vivendo a Vida de Lee

Noite de 13 de agosto de 1975, há três décadas, na avenida Benjamin Constant, para os lados do bairro Floresta, em Porto Alegre. Falta pouco para o show começar e as dependências do Cine-teatro Presidente estão lotadas. Por Luiz Artur Ferraretto Luiz Artur FerrarettoNasceu e cresceu ouvindo rádio e as histórias do rádio. Aos poucos […]

A edição gaúcha do Repórter Esso (2)

Em 1950, já com um texto limpo e direto, a versão gaúcha do Repórter Esso ganha seu mais duradouro locutor. Em 1º de junho de 1950, depois de uma rigorosa seleção realizada quase dois meses antes, o posto de titular do noticiário, uma honraria significativa na época, passa a ser ocupado pelo santa-cruzense Lauro Hagemann, […]

A edição gaúcha do Repórter Esso (1)

No contexto da Segunda Guerra Mundial, o Rio Grande do Sul ganha em 16 de julho de 1942, na PRH-2 – Rádio Farroupilha, de Porto Alegre, uma edição local do Repórter Esso, espécie de porta-voz da Política de Boa Vizinhança do governo de Franklin Delano Roosevelt ao difundir a perspectiva dos Estados Unidos a respeito […]