Cala a boca e escuta

Publicado em: 08/06/2008

O tema em sala de aula é “Expansão Marítima”. Para dar um molho ao assunto o professor de História pediu para que em grupos os alunos criassem pequenos esquetes de rádio. Sob a coordenação do professor Charles Silva quem está vivenciando este momento é a sexta série (7º ano) da Escola Sarapiquá, que fica na subida do Morro da Lagoa da Conceição, em Florianópolis.
Por Ricardo Medeiros

Minha filha, Gabriela Dias de Medeiros, uniu-se a mais cinco colegas para produzirem o capítulo de uma novela, que recebeu o nome de “Duas Barcas”. A apresentação está marcada para a segunda quinzena de junho. Para criar o clima radiofônico, enquanto um grupo apresentará o trabalho, os demais estarão de costas. O que vai valer é a viagem acústica que cada aluno terá direito. Uma bela iniciativa do professor Charles, que entre outras coisas, mostrará à sua turma o poder de envolvimento que o rádio pode provocar no ouvinte. O rádio emociona através das palavras e dos recursos da sonoplastia, permitindo que cada pessoa capte imagens auditivas de um jeito especial e particular.

O capítulo da radionovela “Duas Barcas” foi concebido por Gabriela, Felipe, Théo, Camila, Victor e Kretzer. Todos têm entre 11 e 12 anos. O radioteatro será passado numa rádio cujo nome é “Cala a Boca e Escuta”. Na história, o Capitão Miguel e sua tripulação navegam em direção às Índias. No entanto, um tufão os faz mudar de rota. Num novo Continente o Capitão se apaixona por uma Índia. Miguel quer se casar com a moça e vai pedir permissão ao pai dela, um Cacique. Para ganhar a confiança do Cacique o Capitão terá que passar por cinco provas. Uma delas será a de enfrentar uma onça.

A gurizada está atenta para reproduzir sons. A abertura e fechamento da novela serão feitos com um chocalho, que causará certo suspense. O barulho do mar será conseguido através de uma estratégia de encher um balde com água, que por sua vez, será remexida com uma xícara. Já o ruído da mata será feito com um galho. A equipe também vai reproduzir ao vivo a dança e o canto de indígenas. Outros dois sons estarão em CD: o canto de pássaros e o rugido de uma onça.

Ah, o nome da radionovela (Duas Barcas)? A equipe diz que foi uma alusão à “Duas Caras”, novela de televisão da Rede Globo.

A Gabriela está tão empolgada com o rádio que até pegou um gancho para fazer uma poesia romântica:

O meu pensamento está sintonizado com o seu

Estamos na mesma rádio

Ouvindo o mesmo som

As mesmas batidas

Que são tão parecidas

E assim serão reconhecidas

Como verdadeiro amor

ROTEIRO DA RADIONOVELA “DUAS BARCAS”

PRODUÇÃO: ALUNOS DA SEXTA SÉRIE DA ESCOLA SARAPIQUÁ (FLORIANÓPOLIS)

EQUIPE: GABRIELA, FELIPE, THÉO, CAMILA, VICTOR , KRETZER

Entra efeito : chocalho (ao vivo)

Felipe: A Rádio “Cala a Boca e Escuta” apresenta…mais um capítulo de “Duas Barcas”. A sua novela preferida.

Fim efeito.

Gabriela -No capitulo anterior de duas barcas…

Entra efeito : Barulho de mar (ao vivo)

Gabriela- Miguel realiza seu sonho de entrar em mar aberto, com destino as Índias. Mas nesta perigosa viagem ele acaba se desviando do curso por causa de um tufão e chega a um Continente desconhecido…

Fim efeito

Entra efeito : Barulho aves (CD)

Victor – Chegamos às Índias?

Théo –Não, nas Índias já há civilização.

Victor -Então onde estamos?

Théo – Não sei, mas já vamos descobrir.

Gabriela- Então eles saíram para explorar o novo lugar.

Victor – Capitão, o que esta se mexendo atrás daquela moita ?!

Théo – Não sei marujo, mas iremos descobrir…

Fim do efeito

Entra efeito : Barulho de alguém entrando na mata (ao vivo)

Gabriela – De repente, de trás da moita sai uma bela índia. E o capitão se apaixona imediatamente.

Fim do efeito

Entra efeito : Barulho da mata (ao vivo)

Victor – Que bicho é esse que anda nu?

Théo – Não é um bicho seu incompetente.

Victor – O que é então?

Théo – Não sei…

Théo – Você pode nos levar até sua tribo?

Camila – Eu levar vocês até tribo.

Gabriela – Após pouco menos de uma hora de caminhada.

Fim do efeito

Entra efeito : dança índio (ao vivo)

Camila – Esta..mim tribo.

Fim efeito

Entra efeito : Barulho aves (CD)

Kretzer – Mim cacique… Tu homem branco… Como chamas?

Théo – Sou Miguel e esta é minha tripulação. Cacique preciso falar com você.

Kretzer – O que homen branco querer?

Théo – É importante!

Kretzer – Homen branco fala!

Théo- Estou interessado na sua filha!

Kretzer -Minha filha comprometida guerreiro! Homem branco não!

Théo -O que devo fazer para conquistar sua confiança?Kretzer -Tu fazer cinco provas para confiança da tribo.

Théo -Quando?

Kretzer -Próximo pôr-do-sol homem branco procurar por mim…

Gabriela -No pôr-do-sol, o capitão procurou o cacique.

Théo -Onde está o cacique?

Victor -Cacique esperar você grande montanha verde…

Fim do efeito

Entra efeito : Barulho de alguém entrando na mata (ao vivo)

Gabriela E o capitão subiu a montanha

Fim do efeito

Entra efeito: Barulho aves (CD)

Théo – Ah, enfim cheguei, olá cacique.

Kretzer – Homem branco enfrentar uma onça.

Fim efeito

Gabriela -De repente uma moita se mexe e uma onça pula em direção ao capitão!

Entra efeito : onça (CD)

Fim do efeito

Entra efeito : Chocalho (ao vivo)

Felipe -Não perca amanhã o próximo capitulo da novela “ Duas Barcas”. Aqui na Rádio “Cala a Boca e Escuta”.


gabriela-e-camila.gif
A poetisa Gabriela (D) e a amiga Camila.

foto-da-equipe.gif
Os atores e produtores de “Duas Barcas” em momento de descontração. Da esquerda para direita: Felipe, Camila, Victor, Gabriela, Théo e Kretzer.

2 respostas
  1. Horácio says:

    Fico muito feliz de poder ver o Charles Frutificar, sucesso já tens, mas te desejo mais um pouco, pq muito nunca é demais. E, sei que não te perdes nas estrelas!

    abraços de seu amigo

    Horácio (“um ex-cara: um velho”)

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *