Previsão do tempo à moda da casa

Publicado em: 29/10/2007

Durante muito tempo a Rádio Curitibana funcionou numa casa muito velha, na Praça Osório, centro de Curitiba. As instalações eram muito precárias. A cabine de locução que ficava no nível da rua tinha uma janela para o pátio interno.
Por Jamur Júnior

Funcionava sem isolamento acústico adequado permitindo que alguns barulhos externos fossem ouvidos durante a programação. O próprio locutor em atividade, muitas vezes era perturbado com os ruídos que vinham de fora.
O locutor Azor Silva, certa ocasião, apresentava um programa no período da manhã e tinha entre suas obrigações a de informar aos ouvintes sobre as condições do tempo. Isso era feito sem nenhuma orientação de qualquer serviço especializado, mesmo porque naquele tempo estes eram raros. Azor, na falta de informações vindas de técnicos, simplesmente olhava pela janela e transmitia o que estava vendo.
– O tempo em Curitiba continua nublado, sujeito a chuvas fracas.
Transmitida à informação sobre o tempo, continuava com sua programação musical, no que era um grande mestre. Numa manhã ensolarada, seu colega Mauricio Fruet, um grande gozador, resolveu aprontar uma de suas brincadeiras bem humoradas.
Pegou um regador cheio de água, subiu acima da janela do estúdio e ficou esperando a hora da previsão do tempo. Quando Azor Silva anunciou a previsão, Mauricio derramou a água pela janela. O locutor, como sempre fazia, disse o que viu.
– Chove muito forte na capital paranaense.
 


{moscomment}

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *