Posts

Osvaldo Aranha, Flores da Cunha e Getúlio Vargas

Publicado em: 16/04/2011

AudioDOC | Radiojornalismo Flávio Alcaraz Gomes A história política do Brasil, a partir do início da radiodifusão no país em 1923,  passa por uma série de desencontros que ainda hoje podemos acompanhar porque o rádio estava presente. Ainda muito submisso e pouco estruturado, mas já vibrante particularmente n período que foi até 1930. São desse […]

Relatório da Unesco critica sistema brasileiro de concessões

Publicado em: 17/03/2011

Nestes dias fui solicitado por uma agência de propaganda de Salvador para participar de uma concorrência de uma grande empresa prestadora de serviços públicos. Meu trabalho seria elaborar um projeto de campanha para o rádio. De cara fui alertado pelo desinteresse, tanto do cliente quanto da agência, pelo meio rádio em seu formato convencional. Assim, […]

A parcialidade do jornalismo é tratada em livro

Publicado em: 16/01/2011

A parcialidade da mídia e seu apoio ao neoliberalismo são temas de um novo livro a ser lançado este mês. – Interessado em “fortalecer o mercado, em detrimento do estado”, o neoliberalismo teve apoio da imprensa escrita entre 1988 e 1998. Além disso, os veículos de comunicação tentaram ainda descontruir várias bases da Constituição. A […]

Uma abordagem da economia política da comunicação

Publicado em: 16/02/2009

O debate do papel da economia política da comunicação tem levado os pesquisadores a uma série de divergências. A jornalista e pesquisadora Estela Kurth ao estudar essas divergências propõe a busca de “uma aproximação com as realidades regionais das indústrias culturais no Brasil”. Antunes SeveroRadialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela […]

Rede da Legalidade, há 45 anos, o rádio como garantia constitucional (1)

Publicado em: 22/08/2006

– Peço a vossa atenção para a comunicação que vou fazer. Muita atenção. Atenção, povo de Porto Alegre! Atenção, Rio Grande do Sul! Atenção, Brasil! Atenção, meus patrícios, democratas e independentes, atenção para minhas palavras.  Por volta das 11h, do dia 28 de agosto de 1961, é um Leonel de Moura Brizola jovem, na força […]

O Diário de Bordo traz hoje a segunda crônica da série ligada ao rádio

Publicado em: 21/10/2004

Casildo ouvia mal “O governador como se pode ver é um mestre em esquivar-se de questões que não lhe interessam com graça e esperteza, quase sempre perceptíveis”. Por Marcelo Fernandes O ex-senador Casildo Maldaner, é o terror dos apresentadores de televisão que não o conhecem. Ainda não vi forasteiro que dissesse o nome dele direito […]