TV na nuvem

Publicado em: 17/04/2013

Rádio CBN Brasil | MUNDO DIGITAL, com Ethevaldo Siqueira

Milton – Ethevaldo, você prometeu falar hoje sobre computação em nuvem aplicada ao rádio e à TV.

Ethevaldo – Esse foi um dos temas de maior interesse entre as tendências tecnológicas e comerciais da televisão durante o NAB Show deste ano, Milton. É bom lembrar que a computação em nuvem está transformando-se numa imensa plataforma de todos os conteúdos e serviços: TV, rádio, comércio eletrônico, música, filmes, livros digitais, jogos, software, aplicativos em geral, serviços móveis e redes sociais.

Milton – Dê alguns exemplos de serviços e aplicações de computação em nuvem já disponíveis, no Brasil e no mundo.

Ethevaldo – Vou dar três exemplos, Milton:

1. Os serviços de distribuição de filmes do Netflix;
2. Os serviços da Amazon, para distribuição de livros digitais, música e vídeo;
3. O próprio YouTube, que, embora seja ainda um repositório meio caótico, com 30% de ouro e 70% de lixo, poderá ser muito melhor no futuro.

Milton – E o rádio na nuvem?

Ethevaldo –
O rádio já vem utilizando a nuvem há bastante tempo, mas em pequena escala. Com a expansão da internet de banda larga, sua expansão deve tornar-se muito maior. Pessoalmente, sou um usuário intensivo do rádio na internet, ouvindo seja a CBN no Brasil ou no exterior seja as emissoras internacionais. O iTunes e o iCloud são exemplos de nuvens da Apple, para armazenar, bem como para ouvir música e notícias. Amanhã, falarei sobre a terceira tendência do NAB Show, que é a importância da segunda tela para a televisão móvel.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *