Um crime perfeito, capítulo 1

Publicado em: 17/07/2013

História | Museu do Rádio de Santa Catarina | Radioteatro

Orson Welles. Imagem símbolo do radioteatro mundial

Este post dá sequência à publicação de matérias referentes ao projeto de Extensão Recuperação, Digitalização e Exposição do Museu do Rádio de Santa Catarina. No podcast, a apresentação do primeiro capítulo da novela escrita por Gustavo Neves Filho Um crime perfeito numa adaptação e produção do Curso de Comunicação da Universidade Federal de Santa Catarina. (Colaboraram: Janine Silva, Luize Ribas e Miriam Amorim)

O radioteatro brasileiro tem sua origem nos “romances de folhetim, que são no século XIX o grande produto de cultura de maça e o embrião dos dramas radiofônicas”. A afirmação faz parte da apresentação do livro O que é radioteatro de Ricardo Medeiros (Insular, 2008).

Com o aparecimento das primeiras emissoras de rádio na entrada do século XX, na Europa, Estados Unidos, Canadá e México as novelas ganham o espaço envolvendo de moção e mistério os corações dos ouvintes.

No Brasil, desde 1923 quando Roquette-Pinto inaugurou a primeira emissora de rádio a programação estava estribada no triângulo, música, informação e radiofonização de clássicos da literatura mundial. Assim foram dados os primeiros passos para a radionovela, gênero que se consagrou no começo da década de 1940.

Santa Catarina também teve sua fase de pioneirismo nesse gênero. Das quatro primeiras emissoras do estado: Clube de Blumenau, Difusora de Joinville, Guarujá de Florianópolis e Difusora de Itajaí, sobresaiu-se a emissora da Capital formando o primeiro cast sob a direção de Palmério da Fontoura.

Na Rádio Guarujá se criaram nomes famosos entre os pioneiros da radiofonia local: Pituca (Mozart Régis), Maria Alice Barreto e Lygia Santos; as irmãs Nunes, Cora, Eli e Nívea; Felix Kleis, Waldir Brazil, Hélio Rosa, Oscar Berendt, Cacilda Nocetti e Gustavo Neves Filho, revelando como radioator e novelista destacado.

Texto original de Gustavo Neves Filho

Adaptação e produção de Cristiana Balbis, Cláudia Renata Oliveira, Ednéia Pavei, Jean Rene Raupp, Janine  Belini, Laine Valgas, Lucimar Póli, Márcia Moraes, Marilaine Susback, Mônica Correa, Suzana Naspolini, Nelson Correa, Vivian de Albuquerque e Walfried Waholz

Interpretação: Suzana Naspolini, Luis Cutolo, Laine Valgas, César Valente, Paulo Brito, Jean Rene Raup | Direção de autores: Carmen Fossari | Narração: Pedro Saraiva | Operação de áudio: Alcides Alves, Marcelo Acelino e Rogério Machado | Edição: Valci Zuculoto | Assistente de direção: Nelson Correa. (Colaboraram

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *